Amantes do Jazz têm encontro no auditório instituto de música da UCSAL

DSC_7523

No próximo dia 11 os baianos têm encontro marcado com o jazz. Samuel Quinto, responsável pela gravação do primeiro álbum de Latin Jazz de Portugal, além de ser o primeiro brasileiro a gravar músicas nesse estilo, realiza no Auditório do Instituto de Música da Universidade Católica de Salvador (Rua Carlos Gomes, Centro), às 19h30, o Concerto de Latin Jazz.

O músico, radicado em Portugal e titular do ballet do Porto, é compositor, pianista, professor e atua no cenário da música instrumental européia há 4 anos, quando deixou Salvador para encarar novos desafios no velho continente.

Nascido em Belém, Samuel Quinto é pianista desde os sete anos de idade e hoje lidera um grupo musical formado por brasileiros, com um repertório vasto e variado, demonstrando uma musicalidade criativa que permite dar uma roupagem latina aos grandes clássicos do jazz.

Seu trabalho é recheado de composições próprias de conteúdo tipicamente brasileiro e latino, através de pesquisa de ritmos como o samba. O músico recria ritmos, desde os temas tradicionais brasileiros mais conhecidos como “Asa Branca” e “Sandália de Prata”, aos da Bossa-nova, passando ainda pelas emblemáticas composições dos mais consagrados músicos de Jazz, a exemplo de Cole Porter a Chick Corea.

IMPROVISAÇÃO

Essa mistura de ritmos pode ser conferida no CD “Latin Jazz Thrill”, lançado em 2007 em Portugal e outros paises europeus, além do Japão. Com grandes recursos expressivos, o músico alia a capacidade de improvisação – que lhe advém da prática do free-jazz – à memória da música popular brasileira e latino-americana em geral. Samuel utiliza a liberdade de improvisação, revela uma musicalidade diferenciada, repleta de sensibilidade e alegria, proporcionando um encontro musical cheio de nuances e matizes e provocando satisfação aos amantes do jazz. Em sua recente turnê pela Europa (Portugal, França, Bélgica, Alemanha e Espanha), deixou registrado na memória do público esta fusão musical dos ritmos brasileiro aos clássicos do jazz.

Para aqueles que se interessam não so em ouvir, mas também em aprender, Samuel estará realizando um workshop de Latin Jazz no período da tarde, das 14h às 17h30.